• CIDADE

      15°C/Max

      5°C/Min

INFORME:

Secretária de Saúde de Luzilândia Vilma nega ter recebido o Auxílio Emergencial; Nome consta na lista de beneficiários

POLÊMICA EM LUZILÂNDIA / 21 de jun 2020

A Controladoria-Geral da União (CGU) constatou que 1.081 agentes e servidores públicos do Piauí teriam recebido pagamento do auxílio emergencial.  Entre os investigados estão agentes públicos, servidores públicos ativos, inativos e pensionistas. Em Luzilândia, a notícia de que o nome da Secretária Municipal de Saúde, Vilma Teresa dos Santos, estaria entre os beneficiados causou indignação e manifestos em redes sociais.

O auxílio emergencial é um benefício financeiro liberado pelo governo brasileiro com o objetivo de fornecer proteção emergencial à população do País neste período de enfrentamento da crise mundial causada pelo novo Coronavírus, o COVID-19. Poderão receber o auxílio emergencial do governo os trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados.

Para constatar as fraudes, a CGU realizou cruzamento de dados e identificou as irregularidades já que uma das condições para receber o dinheiro é não possuir emprego formal. Neste caso, a Secretária de Saúde Vilma Teresa não se enquadra, pois exerce um cargo de gestão pública remunerada com salário de R$ 2.500 reais, ou seja, ela recebe por ano R$ 30.000,00.

O outro lado

A reportagem do Clica entrou em contato com a secretária de saúde Vilma Teresa para comentar a denúncia. A secretária não nega o cadastro, segundo ela, esse foi feito por seus sobrinhos, com o seu consentimento. “Na hora eles insistiram, falaram que eu era microempreendedora e que me encaixava nos critérios, eu disse que não, que eu tinha outra função, mas eles insistiram e eu acabei deixando”, disse.

Segundo Vilma, ela acreditou que seria negado, devido a sua função de Secretária, e o cadastro nunca foi aprovado, por isso ela ficou tranquila quanto a isso. No entanto, o nome da Secretária aparece na lista de beneficiário do auxilio, mas ela nega ter recebido. “Eu não peguei nesse dinheiro, não recebi auxílio, não sei como meu nome tá nessa lista”, afirmou.

O nome da Secretária aparece na lista de beneficiados em maio. A acesso aos nomes está disponível no Portal da Transparência do Governo Federal . 

Foto: Montagem Clica Luzilândia

Clica Luzilândia

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA SECRETARIA DE SAÚDE
EM VIRTUDE DE ESCLARECER OS DEVIDOS FATOS IMPOSTOS EM NOME DE VILMA TERESA DOS SANTOS, INFORMO QUE O CADASTRO DA MESMA NO PROGRAMA DO AUXÍLIO EMERGENCIAL DO GOVERNO FEDERAL, FOI SOLICITADO POR UM TERCEIRO QUE TEM ACESSO À DOCUMENTAÇÃO DA MESMA, E SEM O CONSENTIMENTO DO PROPRIETÁRIO ESSE CADASTRO FOI SOLICITADO, SENDO ASSIM, O BENEFÍCIO FOI APROVADO POR CONTA DA MESMA POSSUIR CADASTRO DE CNPJ DE MEI ATIVO, ONDE O MESMO SE ENCAIXARIA NA AQUISIÇÃO DESSE BENEFÍCIO CONFORME AS NORMAS EXIGIDAS PELO GOVERNO FEDERAL, MAS COM TUDO, INFORMO QUE FOI FEITO O ESTORNO DO VALOR INTEGRAL DIRETAMENTE AO GOVERNO FEDERAL.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta Nossa Página

WC DRONE – WILBERT CASTRO

CARNAVAL DO MELA-MELA EM LUZILÂNDIA

FINAL DO CAMPEONATO DA PEDRA BRANCA 2019 DECISÃO NOS PÊNALTIS

BP ROCHA CONSTRUÇÕES MAGALHÃES DE ALMEIDA -MA

Ouça a Super Vale FM 94,7