• CIDADE

      15°C/Max

      5°C/Min

INFORME:

Luzilândia está com 18 prédios públicos com energia cortada por falta de pagamentos, dívidas ultrapassam R$ 14 milhões

CORTE DE ENERGIA / 24 de ago 2020

A Prefeitura Municipal de Luzilândia, sofre, literalmente, um apagão administrativo sob a administração do prefeito Ronaldo Gomes. A Equatorial encaminhou ofício a Câmara Municipal com a relação das unidades consumidoras do município que estão com o fornecimento de energia elétrica cortadas ou desligadas.

O apagão atinge a sede da prefeitura, o estádio municipal, o mercado público, ginásio de esportes e o terminal rodoviário, dentre outras. No total, são 18 unidades consumidoras sem energia elétrica, algumas desde 2019.

Pra completar o caos, até a Igreja de Santa Rosa, situada no Bairro Barrocão, esta às escuras e que quiser fazer suas preces, que vá de dia, a luz do sol.

A dívida da prefeitura até maio de 2020, era de R$ 14.487.225,00 (quatorze milhões quatrocentos e oitenta e sete mil, duzentos e vinte e cinco reais).

Unidades Consumidoras cortadas

A informação foi repassada, no dia 10 de agosto, por Yara Borges Lima, gerente executiva de relacionamento com o cliente e cobrança da Equatorial.

O prefeito Ronaldo Gomes é alvo de denúncia junto ao Tribunal de Contas do Estado.

FONTE: GP1

 

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta Nossa Página

TERESINA DIESEL

SÃO BERNARDO-MA/ AO LADO DA SEC DE EDUCAÇÃO

WC DRONE – WILBERT CASTRO

CARNAVAL DO MELA-MELA EM LUZILÂNDIA

FINAL DO CAMPEONATO DA PEDRA BRANCA 2019 DECISÃO NOS PÊNALTIS

BP ROCHA CONSTRUÇÕES MAGALHÃES DE ALMEIDA -MA

Ouça a Super Vale FM 94,7