• Luzilândia

      15°C/Max

      5°C/Min

Desviu Covid: Chapadinha é Campeã Nacional de Fraudes e Auditoria do SUS

MARANHÃO / 24 de nov 2022


 

Uma nota técnica do DENASUS – Departamento Nacional de Auditoria do SUS, aponta o Maranhão como o estado líder de um esquema de inserção de dados de atendimentos não realizados e Chapadinha aparece como município campeão do mesmo esquema de desvio de recursos públicos da saúde.

Como consequência da descoberta do esquema já denunciado pelo Ministério Público Federal, uma equipe do DENASUS se encontra dentro da prefeitura e da secretaria municipal de saúde, desde ontem 22/11, realizando rigorosa auditoria na saúde de Chapadinha.

De acordo com os documentos do DENASUS, no período de janeiro a maio de 2022, do total de R$ 21.180.892,32 para todo o Brasil, R$ 19.753.712,01, foram transferidos para municípios do estado do Maranhão, fechando o total de 93% de todas as verbas nacionais foram transferidas para municípios maranhenses. Para se ter uma ideia do direcionamento escandaloso, o estado que mais recebeu recursos depois do Maranhão foi o Rio de Janeiro com R$ 548.757,00. Veja recorte abaixo.

Ainda conforme a nota técnica do DENASUS, dos 19 milhões do Maranhão, Chapadinha recebeu – de janeiro a maio de 2022 – R$ 3.983.585,40 ficando na primeira colocação dentre os municípios maranhenses.

A nota técnica chama atenção ainda para a contradição dos números de atendimentos de reabilitação de pós-covid em comparação à população do município: segundo o DENASUS, temos 80.195 habitantes e a saúde de Chapadinha informou ter realizado 183.660 atendimentos em 5 meses e com isso recebido quase 4 milhões de reais.

Ao se deparar com os dados inseridos por 30 municípios maranhenses, em quantitativos considerados “distorções e anomalias”, o Departamento Nacional de Auditoria do SUS e o Ministério Público Federal lideram investigações dentro das prefeituras e as primeiras medidas jurídicas já começam a ser adotadas, como foi o caso de Mata Roma que teve recursos bloqueados para garantir devolução de verbas usadas irregularmente.

Medidas mais duras como operações da Polícia Federal, mandados de busca e até prisões são aguardadas para os próximos dias.

Ao Blog, o secretário de saúde Alberto Carlos (na foto, ao lado da prefeita Belezinha) se limitou a dizer que os dados estavam sendo reavaliados pelo Ministério da Saúde e na Câmara ele falou em dados duplicados, mas sem detalhar como chegou aos mais de 200 mil atendimentos com a inclusão do mês de junho na soma.

Abaixo a íntegra da Nota Técnica do DENASUS



0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta Nossa Página

TERESINA DIESEL

SÃO BERNARDO-MA/ AO LADO DA SEC DE EDUCAÇÃO

WC DRONE – WILBERT CASTRO

CARNAVAL DO MELA-MELA EM LUZILÂNDIA

FINAL DO CAMPEONATO DA PEDRA BRANCA 2019 DECISÃO NOS PÊNALTIS

BP ROCHA CONSTRUÇÕES MAGALHÃES DE ALMEIDA -MA

Ouça a Super Vale FM 94,7