• CIDADE

      15°C/Max

      5°C/Min

Deputado Federal do Maranhão Hildo é contra Congresso liberar R$ 248 bi ao governo Bolsonaro

/ 3 de maio 2019

Relator do projeto de lei que autoriza o governo a gastar R$ 248 bilhões com recursos a serem obtidos com títulos do Tesouro Nacional na Comissão Mista de Orçamento (CMO), o deputado federal Hildo Rocha (MDB-MA) informou à Folha de S. Paulo que deve excluir a autorização para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, use títulos públicos para pagar subsídios.

O governo Bolsonaro quer essa verba extra para pagar subsídios e benefícios a idosos carentes e pessoas com deficiência, o chamado BPC.

É a primeira vez que o Poder Executivo precisará desse tipo de aval do Congresso Nacional para realizar despesas como as transferências assistenciais aos mais pobres – foi um “presente” deixado pelo ex-presidente Michel Temer (MDB).

A chamada “regra de ouro” impede o governo federal de se endividar para pagar despesas correntes, como salários, Previdência Social e benefícios assistenciais.

Se a ideia do parlamentar maranhense prevalecer no Congresso, a equipe econômica não teria, a partir de julho, mais recursos para programas federais.

Estariam em risco o Pronaf (programa de fortalecimento para agricultura familiar), o Proex (financiamento às exportações), o PSI (programa de sustentação do investimento) e também operações de investimento rural e de custeio agropecuário.

“Não tem sentido nenhum aumentar esses gastos se temos um déficit tão grande, que temos de emitir títulos do Tesouro para pagar despesas básicas, como o BPC”, disse Rocha.

Blog do Gilberto Leda/ Leia mais na Folha de S. Paulo.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta Nossa Página

TERESINA DIESEL

SÃO BERNARDO-MA/ AO LADO DA SEC DE EDUCAÇÃO

WC DRONE – WILBERT CASTRO

CARNAVAL DO MELA-MELA EM LUZILÂNDIA

FINAL DO CAMPEONATO DA PEDRA BRANCA 2019 DECISÃO NOS PÊNALTIS

BP ROCHA CONSTRUÇÕES MAGALHÃES DE ALMEIDA -MA

Ouça a Super Vale FM 94,7