• CIDADE

      15°C/Max

      5°C/Min

INFORME:

Conheça os bandidos que tombaram em confronto com a PM após sequestrarem o gerente do BB, filho de Poção de Pedras, em Codó

CONFRONTO COM PM / 19 de nov 2020
Naturais do Estado do Ceará, Antônio Soares da Silva, de 50 anos, e Claudemir Ferreira de Souza, de 25 anos, são os bandidos que morreram em confronto com a Polícia Militar na noite de terça-feira (17).
Os dois são suspeitos do sequestro da família do gerente da Agência do Banco do Brasil de Codó, Antônio Costa de Miranda, conhecido como “Mirandinha”, natural de Poção de Pedras, no Maranhão.
                                             
De acordo com informações da polícia, Antônio Soares da Silva nasceu no município de Tabosa (CE) e Claudemir Ferreira de Souza é natural de Fortaleza, a capital do Estado do Ceará.
O gerente do Banco do Brasil de Codó, Antônio Costa de Miranda, teve a residência invadida por criminosos. Sua esposa e até mesmo os filhos foram rendidos pelos criminosos armados.
                                      
O sequestro
O sequestro do gerente do BB e sua família, ocorreu na manhã de terça-feira (17), na cidade de Codó, a 297 km de São Luís. Uma parte da quadrilha ficou com a família refém. Outros criminosos levaram o gerente até a agência para sacar dinheiro.
Na agência, os bandidos colocaram explosivos no corpo do gerente, identificado como Antônio Costa de Miranda, o “Mirandinha”, que foi liberado sem ferimentos, após seis horas de operação.
                                 
O Esquadrão Antibombas, de São Luís, foi acionado para desativar os explosivos. Segundo informações da polícia, o explosivo era metade de uma banana de dinamite, com nitropenta, usada em mineração.
Baterias com fios estavam ligadas ao explosivo. Não há informações sobre valores levados pela quadrilha, que fugiu do local abandonando o gerente.
                           
Família liberada
Os familiares do gerente foram sequestrados e liberados próximo ao distrito Km-17, na zona rural de Codó, sem ferimentos. A Polícia Militar informou que eles estão bem e não foram agredidos pelos criminosos.
Esse tipo de roubo a banco é conhecido como “sapatinho”, quando funcionários e seus familiares são sequestrados para facilitar a invasão de agências sem chamar atenção.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta Nossa Página

TERESINA DIESEL

DI&L TECIDOS FINO – LUZILÂNDIA- PI

BEM EM QUER BOUTIQUE EM MELANCIAS

SÃO BERNARDO-MA/ AO LADO DA SEC DE EDUCAÇÃO

WC DRONE – WILBERT CASTRO

CARNAVAL DO MELA-MELA EM LUZILÂNDIA

FINAL DO CAMPEONATO DA PEDRA BRANCA 2019 DECISÃO NOS PÊNALTIS

BP ROCHA CONSTRUÇÕES MAGALHÃES DE ALMEIDA -MA

Ouça a Super Vale FM 94,7