• Luzilândia

      15°C/Max

      5°C/Min

INFORME:

Bolsonaro diz que ação na ONU mostra posição do Brasil, mas não cita Rússia

/ 27 de fev 2022

A ação do Brasil no Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) expressou a posição do país na invasão da Ucrânia pela Rússia, afirmou o presidente Jair Bolsonaro (PL) neste sábado (26), vai redes sociais.

Na ONU, a diplomacia do Itamaraty votou contra o regime de Vladimir Putin e alinhou-se à maioria dos países, em vez de adotar uma posição neutra. Contudo, Bolsonaro novamente não condenou a Rússia e sequer citou o nome do país, em uma sequência de posts no Twitter.

“A posição do Brasil em defesa da soberania, da auto-determinação e da integridade territorial dos Estados sempre foi clara e está sendo comunicada através dos canais adequados para isso, como o Conselho de Segurança da ONU, e por meio de pronunciamentos oficiais”, disse o presidente da República, em mensagem em seu canal no aplicativo Telegram e na rede social Twitter.

O Brasil votou ao lado dos EUA. O voto foi seguido por um discurso duro e inédito por parte do governo brasileiro, sugerindo uma mudança na postura do país em relação aos atos russos na Ucrânia.

Na mensagem de hoje, Bolsonaro mais uma vez reclamou da cobertura da mídia, que tem destacado a postura do presidente de evitar confronto com os russos, diferentemente da atuação dos demais países e do próprio Itamaraty. Para o presidente, a cobertura do jornalismo profissional significa “gerar ruído”. “Parte da imprensa insiste em gerar ruído e em desinformar os brasileiros em troca de cliques”, reclamou.

Na semana em que esteve na Rússia, Bolsonaro defendeu Putin. “A leitura que eu tenho do presidente Putin é que ele é uma pessoa também que busca a paz”, afirmou em 16 de fevereiro. “E qualquer conflito não interessa para ninguém no mundo.”

Neste sábado, Bolsonaro disse que não deseja conflitos armados.

“Nem um conflito armado, indesejado por todos nós, é capaz de despertar nessas pessoas o devido senso de responsabilidade e o compromisso com a verdade necessários para que nosso povo atravesse esse momento difícil com serenidade e consciência da situação real de nosso país.”

O Brasil é parcialmente dependente da Rússia no fornecimento de fertilizantes para o agronegócio.

Fonte:180 Graus

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta Nossa Página

TERESINA DIESEL

SÃO BERNARDO-MA/ AO LADO DA SEC DE EDUCAÇÃO

WC DRONE – WILBERT CASTRO

CARNAVAL DO MELA-MELA EM LUZILÂNDIA

FINAL DO CAMPEONATO DA PEDRA BRANCA 2019 DECISÃO NOS PÊNALTIS

BP ROCHA CONSTRUÇÕES MAGALHÃES DE ALMEIDA -MA

Ouça a Super Vale FM 94,7