Prefeito de Matias Olímpio é condenado pela Justiça Federal

O prefeito de Matías Olímpio, Edísio Alves Maia, conhecido como “Fogoió”, está sendo mais uma vez na mira da Justiça. O gestor é acusado de improbidade administrativa em ação civil que mostra que ele teria deixado de prestar contas de recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) ao município, no exercício de 2009.

A ação foi julgada procedente pelo juiz Leonardo Tavares Saraiva, da 1ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí.

Com a sentença, Fogoió foi condenado ao pagamento de multa civil no valor de dez vezes a remuneração percebida a época dos fatos. A sentença foi dada no dia 26 de novembro de 2019 e cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Ação A ação foi ajuizada em 2013 pelo Município de Matias Olímpio/PI após ser constatada a ausência da prestação de contas referentes aos valores liberados através do Programa PDDE, no total de R$ 13.686,90.

Outro lado

O R10 tentou contato via telefone com o prefeito Fogoió, mas não obteve sucesso até o fechamento desta nota. O espaço segue em aberto.

FONTE: R10

Deixe uma resposta