Prefeito de Bertolínia Sul do Piauí, esposa e pais são presos em operação do GAECO

Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (03/12), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), realizou a prisão do prefeito da cidade de Bertolínia, Luciano Fonseca, durante uma operação que tem como objetivo desarticular um grupo criminoso que estaria atuando no município e desviando recursos públicos.

Luciano Fonseca foi preso de forma preventiva, além dele, foram expedidos vários mandados de prisão temporária. Entre eles, Aluízio José de Sousa, pai do prefeito; Ringlasia Lino Pereira dos Santos, esposa do prefeito; Eliane Maria Alves da Fonseca, mãe do prefeito; Richel Sousa e Silva, primo do prefeito; Rodrigo de Sousa Pereira, assessor do prefeito; Max Weslen Veloso de Moraes, procurador de Bertolínia; Kairon Tácio Rodrigues, primo do procurador e Ronaldo Almeida da Fonseca, comissionado.

O desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí, Edvaldo Pereira de Moura, foi quem tomou a decisão para o cumprimento dos mandados de prisões na tarde de segunda-feira. Após pedido do promotor, Luciano Fonseca foi afastado imediatamente das suas funções e o vice-prefeito vai assumir a gestão.

Prefeito de Bertolínia, Luciano Fonseca

FONTE:MN

Deixe uma resposta