VILIPÊNDIO: EXPOSIÇÃO DE CADÁVER PODE LEVAR A PRISÃO E MULTA

Foi no final da manhã de uma terça-feira, 10, que um grave acidente tirou a vida da professora do povoado Outeiro dos Pires, Márcia Regina Gomes Bezerra de 31 anos.

Naquele fatídico dia, a professora estava em uma motocicleta modelo Pop 100, quando foi atropelada, arrastada e morta por uma carreta modelo Bitrem, altura do km 70, trecho da BR-135.

Em função da fatalidade, muitas pessoas acabaram compartilhando nas redes sociais o estado de como ficara o corpo da vítima que estava irreconhecível, no entanto, o que não sabem é que tal prática é considerada crime quando a imagem não é embaçada ou distorcida.

Este crime tem um nome e é chamado de vilipêndio de cadáver e segundo o dicionário é a ação de fazer com que alguém seja humilhado; Ausência de consideração; desprezo como o corpo é tratado, descaso.

Esta modalidade de crime está previsto no art. 212 do CP, e prevê uma Pena de detenção, de um a três anos, e multa.

BLOG DO  ALEXANDRE RAMOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *