• CIDADE

      15°C/Max

      5°C/Min

INFORME:

Médico é preso suspeito de matar pacientes com covid-19 para liberar UTIS no hospital

DOSES LETAIS DE ANESTÉSICOS / 27 de jan 2021

O médico Carlo Mosca, 47 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira (26) acusado de ter assassinado dois pacientes com Covid-19 usando doses letais de anestésicos. O caso aconteceu em março de 2020, na Lombardia, na Itália, epicentro da Covid-19 na Europa, na primeira onda.

De acordo com autoridades, o médico é suspeito de matar intencionalmente Natale Bassi, 61 anos, e Angelo Paletti, de 80 anos, com o objetivo de liberar espaço na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital de Montichiari, onde trabalhava como coordenador de urgência e emergência.

Durante as investigações, autoridades descobriram mensagens de Whatsapp entre os enfermeiros, que o denunciaram. “Não vou matar doentes só porque o médico quer libertar UTIs”, disse uma enfermeira em conversa com um colega de trabalho. “É uma loucura”, respondeu o colega por mensagem.

Segundo o jornal italiano Corriere de la Sera, o médico preparava dois medicamentos que costumam ser usados antes de entubar um doente e pedia aos enfermeiros que os administrassem.

Os corpos das vítimas eram enviados para autópsia na cidade de Pádua. O objetivo era evitar investigações. O médico está em prisão domiciliar, enquanto aguarda julgamento.

VIA: Agência da Notícia PR com Vicmais

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta Nossa Página

TERESINA DIESEL

SÃO BERNARDO-MA/ AO LADO DA SEC DE EDUCAÇÃO

WC DRONE – WILBERT CASTRO

CARNAVAL DO MELA-MELA EM LUZILÂNDIA

FINAL DO CAMPEONATO DA PEDRA BRANCA 2019 DECISÃO NOS PÊNALTIS

BP ROCHA CONSTRUÇÕES MAGALHÃES DE ALMEIDA -MA

Ouça a Super Vale FM 94,7