Conheça o modelo maranhense que concorreu ao título de Mister Brasil CNB 2018

SÃO LUÍS – O modelo Júnior Walladão conquistou o Top 25 no Mister Brasil CNB 2018 e ficou em segundo lugar na categoria “Melhor Entrevista”, o concurso ocorreu nessa sexta-feira (10), em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Em uma conversa com o Na Mira, Júnior fala um pouco sobre seu gosto musical, sobre a carreira de modelo e a conquista do Top 25.

“Estar no TOP 25 numa peneira de 50 candidatos do Brasil inteiro, me deixa mais do que feliz, eu fico realizado. Eu já sou vencedor de estar aqui diante de toda adversidade que vivi, e estar representando o Estado que nasci e vivo, é um orgulho. Costumo dizer que nem sempre o ganhador é o vencedor”, explica o modelo maranhense.

Júnior Walladão através das redes sociais, agradeceu ao público pela torcida e comentou conosco sobre a sua experiência no evento, “Foi Incrível! Único! Meu desejo era levar junto comigo toda a garra e força que só o maranhense possui. Vestir das cores da bandeira, dos azulejos… Tudo o que tivesse a referência ao Maranhão. Não basta representar, tem que viver o Maranhão como ele é”.

O muso nasceu em São Luís e é graduado em Publicidade e Propaganda, atuou em diversos segmentos no mundo da moda, como em revistas, jornais e desfiles para marcas locais. Ao falar sobre a sua trajetória como modelo, Walladão diz que nem sempre foi assim, e que durante a sua carreira recebeu diversos “nãos”.

“A carreira de modelo segue paralela a vida normal de alguém comum porque o mercado em São Luís é difícil. Sempre sonhei em estar na TV, outdoors, revistas, isso quando eu era criança e não tinha ideia de como era. Na adolescência, fui observando o mundo da moda e como o mercado na cidade funcionava. Fiz inúmeros cursos, recebi milhares e milhares de “nãos” em diversos testes… Mas tudo tem o seu devido tempo. Já com uns 22 anos que fui ser reconhecido no mercado como modelo, estampando campanhas no Maranhão e em algumas cidades”.

Ao falar um pouco sobre si, Júnior nos conta um pouco sobre o seu gosto musical e filmes favoritos, “Eu busco sempre ouvir o que me eleva a alma. Sendo cristão, amo a música gospel mais no estilo louvor e adoração, como HillsongGateway Church e claro, Diante do Trono. Já sobre séries, eu gosto de Once Upon a Time e filmes que me emocionaram muito recentemente foram: Eu só posso imaginar e Extraordinário”.

Quando comenta sobre o Estado em que nasceu para quem não conhece, o modelo deixa claro que sempre enaltece a beleza local para onde vá: “Eu costumo sempre exaltar as belezas naturais do nosso Estado. Deus fez tudo perfeito e nos deu a graça de poder usufruir, por exemplo, dos lençóis maranhenses com seu pôr do sol único e divino.”

Por fim, o modelo fala que o mais encanta no povo maranhense é a miscigenação, “O que mais me encanta é essa mistura de raças, ritmos, costumes, lendas, belezas que nos faz únicos. Maranhão é tão grandioso e rico por tudo isso”.

FONTE: IMIRANTE

II Simpósio de Advocacia é Realizado em Luzilândia

A cidade de Luzilândia, no norte do estado do Piauí realizou na manhã desta sexta – feira ( 10 ), o II Simpósio de Advocacia, evento realizado pela OAB – PI em comemoração ao Dia do Advogado. O simpósio foi sediado no auditório da Câmara Municipal e foi bastante prestigiado.

Presentes ao evento estiveram autoridades locais, a exemplo do juiz da comarca de Luzilândia, Dr. Thiago Aleluia, que na ocasião proferiu palestra ao público presente, delegado de polícia civil, vereadores e representantes da OAB – PI, subseção de Barras, na pessoa da presidente Dra. Ane Karine e o vice presidente Carlos Augusto de Oliveira Medeiros Junior, além de advogados militantes de cidades da região a exemplo de Luzilândia, Joca Marques, Madeiro e Esperantina.

O advogado Dr. Carlos Augusto de Oliveira Medeiros Junior, destacou a importância do evento para aproximar a população do direito. “É de grande relevância um simpósio como este para atividade da advocacia porque que as informações repassadas nas palestras que aconteceram aproximam a sociedade do direito como um todo”, enfatizou o mesmo.

 

DIÁRIO DO LONGA

EDUCAÇÃO E DIREITOS HUMANOS, É TEMA DE PROJETO DIDÁTICO NAS ESCOLAS DE BURITI – MA

Desde 10 de dezembro de 1948, portanto há 66 anos, a Declaração Universal dos Direitos Humanos está em vigor, garantindo uma relação indissociável entre Direitos Humanos e educação – uma relação indissociável de igualdade entre as pessoas, fim da opressão e discriminação, justiça, garantia da dignidade, proteção e liberdade. Estes são alguns dos princípios e valores que regem a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A Educação como Direito Humano foi o tema da palestra magna ministrada hoje pelo professor Antonio José Ribeiro para os professores de Educação Infantil e Inclusiva na abertura do Encontro Pedagógico, promovido pela Secretaria Municipal de Educação de Buriti e que se estenderá até o próximo dia 11 de agosto com a formação continuada em Educação Infantil e Educação Inclusiva, findos de Fortaleza – CE.

O evento contou ainda com uma emocionante apresentação dos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental do Complexo Educacional Carmem Costa , que sob o comando da Gestora Francisca da Chagas Gomes de Aguiar e das professoras Jailma da Silva Costa e Esterlane Menezes Carvalho e Deborah Maria de Sousa Castro que falaram do combate ao bullyng na escola tendo por inspiração a história do Pequeno Príncipe, celebre livro do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, a história da amizade entre um homem frustrado por ninguém compreender os seus desenhos, com um principezinho que habita um asteroide no espaço.

Ao agradecer a presença de todos, a Secretária Municipal de Educação, Professora Francisca Rosinalva ao saldar e agradecer a presença de todos, enfatizou o seu amor e dedicação à educação, colocando-se a disposição para junto com o Prefeito Municipal fazerem sempre o melhor pela educação municipal

CRÉDITOS FOTOS (CN BAMBU)

fonte: CN BAMBU

MESMO COM DECISÃO FAVORÁVEL, GREVE SÓ ACABA QUANDO GOVERNO DO PIAUÍ PAGAR TRABALHADOR

Greve e conquista históricas com o reconhecimento de uma classe tão desvalorizada pelos gestores públicos reafirma a força dos trabalhadores.

Mesmo com a decisão do desembargador Dr. Joaquim Santana sendo favorável aos trabalhadores em educação, reconhecendo o seu direito de receber o reajuste salarial fixado em Lei e constante em Acordo Judicial, o Estado.

A decisão determina ainda “a interrupção do movimento grevista , após o cumprimento da decisão pelo Estado do Piauí, com retornar aos postos de serviços e exercício de suas atividades na capital e interior, sob pena de multa diária de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) com corte de ponto e descontos nos salários dos servidores que descumprirem” (pág. 14)

O Acordo Judicial foi firmado em 12 de março de 2018 e publicado no Diário Oficial nº 110 de 16/06/2018, e diz o seguinte:

  • Reajuste de 6,871% para professores (ativos, aposentados e pensionistas) na folha de pagamento do mês de maio/18;
  • Reajuste de 3,15% para os funcionários de escola (ativos, aposentados e pensionistas) na folha de pagamento do mês de maio/18 – reajuste referente a 2017;
  • Reajuste de 3,95% para os funcionários de escola (ativos, aposentados e pensionistas) na folha de pagamento do mês de setembro/18 – reajuste referente a 2018.

A decisão diz ainda que para o Estado, “não há que se alegar ausência de dotação orçamentária, uma vez que o entendimento do Superior Tribunal de Justiça é de que o cumprimento de decisões judiciais prescinde de prévia dotação”.

LEI ELEITORAL

Sobre a alegação de impossibilidade de conceder reajuste acima da inflação em ano eleitoral, em razão da vedação do artigo 73, VIII, da Lei 9.504/97, foi verificado que o acordo judicial fora firmado bem antes do prazo estabelecido na lei citada, de forma que o cumprimento do mesmo não caracteriza medida eleitoreira.

 

A greve dos trabalhadores em educação completa hoje 64 dias de luta e resistência pela valorização profissional da categoria.

SINTE-PI