Secretaria Municipal de Saúde de Joaquim Pires-PI realiza dia D de vacinação contra Poliomielite e Sarampo

A Secretaria de Saúde de Joaquim Pires promoveu no último sábado, 18 de agosto, na Unidade Básica de Saúde Antônio da Silva Ramos, o Dia D de vacinação contra poliomielite e Sarampo.

A campanha de vacinação vai até 31 de agosto e tem como meta imunizar 95% das crianças com idades entre 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias. A meta é recomendada pela Organização Mundial de Saúde – OMS.

Durante todo o dia, a Unidade recebeu as famílias que levaram os seus filhos para atualizarem a vacina que prevenia o sarampo e a poliomielite. Esta ação aconteceu em todo o país durante o sábado.

A coordenadora do Programa de Saúde da família, Ana Carolina, participou da campanha acompanhada com os demais profissionais de saúde do município. De acordo com a coordenadora, as crianças receberam as doses da vacina tríplice viral e a versão oral do imunizante (VOP).

O Ministério da Saúde faz um alerta sobre a transmissão destas doenças. A poliomielite é transmitida por contato direto de pessoa para pessoa pela via fecal-oral: alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores. Já o sarampo, ocorre de forma direta pelas secreções ao tossir, espirrar, falar ou respirar.

FONTE: ASCOM

Hospital Regional de Chapadinha-MA garante atendimento de qualidade aos paciente de Hemodiálise

FONTE: BLOG DO FOGUINHO

O Secretário Carlos Lula usou a sua rede social para destacar o fim do sofrimento dos pacientes de Hemodiálise que percorriam até 500 KM em busca de tratamento na capital São Luis.

Na foto está a paciente de Chapadinha Ana Nascimento que a anos sofria nesta peregrinação, mas agora terá um atendimento especial na sua cidade, com a inauguração do Hospital Regional.

Ainda no seu discurso no dia da inauguração, Carlos Lula disse que os 10 Leitos tem a capacidade de até 60 paciente, e hoje na região só tem 48 que buscam este tipo de tratamento.

Enfim, o Hospital Regional além de realizar sonhos, veio pra salvar vidas da população do Baixo Parnaíba.

Antes não tinha, agora tem.

 

TCE determina que maternidade de Teresina demita servidores

A Maternidade Dona Evangelina Rosa, de Teresina, tem 15 dias para demitir todos os contratados a partir de janeiro de 2015, que desempenhem atividade meio, de natureza administrativa. A determinação foi expedida na sessão plenária de ontem (14) do Tribunal de Contas do Piauí. Em caso de descumprimento, será aplicada uma multa diária de R$ 3 mil.

O processo originou-se de auditoria realizada pelo setor técnico do TCE-PI, para avaliar a qualidade dos serviços prestados pela maternidade e verificar a regularidade da execução dos contratos de fornecimento de bens e serviços e das admissões de pessoal, inclusive temporários e contratados.

Segundo o conselheiro-substituto Alisson Araújo, a auditoria mostrou “um quadro calamitoso, uma vez que a maternidade apresenta taxas de mortalidade infantil que correspondem a quase o triplo da média nacional e déficits financeiros mensais que superam a cifra de R$ 1.300.000,00 (Um milhão e trezentos mil reais)”.

Segundo o relatório da auditoria, as despesas com prestadores de serviço da instituição aumentaram mais de 85% no período de 2015 a 2017, “passando de R$ 4.354.447,98 (Quatro milhões trezentos e cinquenta e quatro mil quatrocentos e quarenta e sete reais e noventa e oito centavos) para mais de R$ 8 milhões.

O conselheiro Alisson Araújo diz no relatório do processo que as informações levantadas na auditoria apontam a “contratação desmesurada de prestadores de serviços, com a consequente elevação das despesas da unidade hospitalar, pagamento de prestadores de serviços à margem da folha de pagamento, classificação incorreta das despesas com prestadores de serviço e ausência de implementação de ponto eletrônico”.

Segundo ele, “a manutenção do atual cenário econômico deficitário impede a instituição hospitalar de prestar serviços condizentes com as necessidades da população, ocasionando risco de elevação dos índices de mortalidade até então apresentados”.

Além do afastamento dos servidores, o TCE-PI determina ainda que a direção da maternidade instale ponto eletrônico biométrico e se abstenha-se, a partir de julho de 2018, de efetuar pagamentos aos servidores efetivos, comissionados, temporários e aos contratados que não comprovem o cumprimento da jornada de trabalho por meio do ponto eletrônico.

A maternidade também deverá se abster de realizar pagamentos de parcelas remuneratórias de qualquer natureza a servidores efetivos, comissionados ou temporários por meio exclusivamente de nota de empenho, à margem da folha de pagamento.

FONTE: VIAGORA

Sesapi confirma 83 casos de H1N1 com 10 mortes no Piauí

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) confirma 83 casos de influenza H1N1, sendo que 10 evoluíram para óbito. Os dados foram apresentados nesta terça-feira (05), pela Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde.

Os casos de Influenza H1N1 estão inseridos no perfil epidemiológico da síndrome respiratória aguda grave (Srag), que totalizaram 297 casos notificados, sendo:

– 83 casos confirmados com Influenza H1N1

– 2 por adenovírus;

– 17 por metapneumovírus;

– 2 por parainfluenza 1;

– 83 não especificada;

– 87 em investigação.

 

Dos 297 casos de Srag, foram notificados 29 óbitos: sendo 10 por causa não especificada; dois por metapneumovírus; 10 para H1N1 e quatro ainda estão em investigação. A Secretaria de Estado da Saúde já disponibilizou 20.500 unidades de Tamiflu para rede pública estadual e municipal para a assistência aos pacientes da síndrome respiratória aguda grave.

Imunização

Até agora, cerca de 510 mil piauienses foram imunizados contra influenza, representando 73,94 % da população alvo da campanha. O Ministério da Saúde enviou ao Piauí todas as 816 mil doses da vacina previstas para o Estado, que já foram redistribuídas integralmente aos municípios.

A campanha foi prorrogada até 15 de junho, porque como explica o superintendente de Atenção Integral à Saúde, Herlon Guimarães, o Brasil atingiu 68% da meta vacinal e com essa prorrogação, o Ministério da Saúde pretende atingir a meta de 90% do público vacinal imunizado. “É de extrema importância que as pessoas dos grupos prioritários procurem os seus municípios para a imunização”, explica.

A meta é vacinar 808 mil piauienses prioritariamente dos grupos:

– indivíduos com 60 anos ou mais de idade;

– crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias);

– gestantes e puérperas;

– trabalhadores da saúde;

– povos indígenas;

– grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

– professores das escolas públicas e privadas;

– adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

– população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Fonte: Portal MN

Cantora Marilia Mendonça manda Alô para Magalhense em vídeo

A contara Marília Mendonça, cantora e compositora da música sertaneja, gravou uma vídeo onde ela manda um alô para cidade de  Magalhães de Almeida e para Mazé.

Mazé é filha da dona Didi bastante conhecida em nossa cidade, e trabalha para a famosa cantora há muitos anos.

O vídeo logo viralizou nas redes sócias deixando os magalhense cheio de orgulho. A cantora é conhecida nacionalmente como ” Rainha da Sofrência”.
FONTE Portal do Romerio Carvalho

 

Influenza: Quase 50% da população alvo da campanha já foi vacinada

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em boletim divulgado nesta segunda-feira (21), informa que até o momento, 49,13% da população alvo da campanha contra Influenza já foi imunizada, o que representa 340 mil pessoas. O Ministério da Saúde enviou ao Piauí todas as 816 mil doses da vacina previstas para o Estado, que já foram redistribuídas integralmente aos municípios.

A coordenadora de imunização, Kássia Barros, alerta os municípios sobre a importância da inserção das informações no sistema. “Muitos municípios ainda não enviaram qualquer informação no sistema, estando com zero cobertura vacinal, com isso não temos o real parâmetro da imunização no Piauí”, comenta .

Nesta terça, a Sesapi atualiza os dados da influenza H1N1 dos casos que evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRag).

A campanha segue até o dia 1º de junho, com a meta de vacinar 808 mil piauienses prioritariamente dos grupos:

– indivíduos com 60 anos ou mais de idade;
– crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias);
– gestantes e puérperas;
– trabalhadores da saúde;
– povos indígenas;
– grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
– professores das escolas públicas e privadas;
– adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
– população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

 

Fonte: Com informações da Sesapi

Murici dos Portelas realiza 2º Seminário de Integração

O município de Murici dos Portelas realizou na manhã desta quarta-feira (16/05) o 2º Seminário de Integração dos municípios da região Norte do Piauí, com a temática “Enfrentamento a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes”.

O seminário aconteceu Ginásio Poliesportivo Pedro Américo de Sousa e reuniu alunos, professores, diretores, conselheiros tutelares e representantes de diversas secretarias municipais.

A programação teve inicio ás 7h00 com o credenciamento dos participantes, em seguida com a composição da mesa de honra. Na ocasião, diversos palestrantes relataram situações de abuso e exploração contra crianças e adolescentes e como denunciar se a pratica ocorrer.

Promotor Raimundo Martins

Participaram do evento o promotor de justiça do município de Joaquim Pires Dr. Raimundo Martins, Chefe do GPM de Murici dos Portelas Clestenys, conselheiros tutelares, secretário de governo Lucas Escorcio, secretária de saúde Ana Cristina e outros. O prefeito Ricardo Sales, com problemas de saúde esteve ausente.

Na manhã deste sexta-feira (18), ocorrerá uma caminhada pelas principais ruas da cidade com os alunos da rede municipal de educação.

Fonte: Ascom