TCU dá aval para privatização da Eletrobras Piauí e mais cinco distribuidoras de energia

O Tribunal de Contas da União (TCU) liberou, nesta quarta-feira (30) a publicação do edital para a privatização da Eletrobras-Piauí e mais cinco distribuidoras de energia elétrica. Com o aval, a Eletrobras e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) podem prosseguir com o leilão.

Também serão colocadas à venda: Companhia Energética de Alagoas, que atua em Alagoas; Amazonas Distribuidora de Energia, que atende ao estado do Amazonas; Boa Vista Energia, que atende Roraima; Centrais Elétricas de Rondônia, que atende Rondônia; Companhia de Eletricidade do Acre, que atende aos consumidores do Acre,.

Na proposta de edital, o governo estabeleceu que cada distribuidora será vendida por R$ 50 mil. Os leilões serão individuais e sairá vencedor quem ofertar o maior desconto para o reajuste da tarifa de energia aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para as seis distribuidoras.

TCU impõe condições

No acórdão aprovado nesta quarta, o ministro do TCU José Múcio impôs condicionantes pontuais para a publicação do edital.

O ministério também terá que prever um mecanismo em que as novas concessionárias compartilhem ganhos tarifários decorrentes de bens que essas distribuidoras têm, mas que ainda não foram reconhecidos pela Aneel.

Segundo o TCU, a Eletrobras declarou que as distribuidoras têm R$ 2,5 bilhões em ativos, como transformadores, por exemplo, que ainda não estão em operação e, por isso, não foram reconhecidos pela Aneel na tarifa de energia.

Caso no futuro a Aneel reconheça esses investimentos na tarifa de energia, as empresas terão que compartilhar os ganhos com a Eletrobras. A forma de compartilhamento e o percentual, informou o TCU, devem ser definidos pelo Ministério de Minas e Energia.

Fonte: Gazeta Web

Integrantes dos grupos “Amigos do Pedal” e “Pedaleiros” de Luzilândia, promoveram Ação Social em Morro do chapéu

FONTE: JORNALESP

Integrantes do grupos intitulado de “Amigos do Pedal” da cidade de Morro do Chapéu do Piaui e “Pedaleiros” da cidade de Luzilândia, promoveram um dia de Ação Social nas terras de São Francisco.

Vale ressaltar que o referido grupo “Amigos do Pedal”, que tem a coordenado do jovem Edimilton Filho, se uniu ao grupo dos “Pedaleiros” da cidade de Luzilândia, que por sua vez é coordenado pelo Augusto e na ocasião distribuíram diversas cestas básicas de alimentos para algumas famílias carentes daquele município.
A referida Ação contou também com o apoio do ciclista e chefe de gabinete da Prefeitura, Gilvan Moraes.
Veja alguns registros da Ação Social, abaixo:

FMS confirma 131 casos para Influenza A H1N1 com 8 mortes em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde, em boletim divulgado nesta terça-feira (29), confirma 131 casos para Influenza A H1N1 de janeiro até o momento em Teresina. De acordo com as informações da FMS, ao todo foram oito óbitos por H1N1.

Os quatro novos óbitos registrados, em relação ao boletim anterior, foram os seguintes: uma criança do sexo masculino de dois anos de idade, com pneumonia associada e Portador de Paralisia Cerebral; um homem de 43 anos, hipertenso e diabético, com histórico de insuficiência cardíaca anterior; um morador de rua de 47 anos com histórico de crise convulsiva; e um idoso de 76 anos com hipertensão e sequelas de AVC.

A FMS informa que todo o estoque da vacina da gripe já foi distribuído nas mais de 100 salas de vacina da capital e que a campanha de vacinação contra a gripe encerra dia 1 de junho. Em sete lotes de entrega por parte do Ministério da Saúde, foram distribuídas 213 mil doses na cidade.

A FMS esclarece ainda que não irá receber mais nenhum lote de vacina residual do Ministério da Saúde. Os dados de quantas doses já foram aplicadas na capital ainda estão sendo compilados para que sejam repassados ao Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações.

 

Fonte: Portal Meio Norte/FMS

PRF e Exército entram em confronto com manifestantes durante desobstrução da BR-135, em Bacabeira -MA

terça-feira, 29 de maio de 2018

Nesta segunda-feira (28) a Polícia Rodoviária Federal precisou desbloquear três vezes a via no povoado Peris de Baixo, no km 44 da BR 135, município de Bacabeira-MA. De acordo com a PRF, a manifestação nada tem a ver com o movimento dos caminhoneiros, que não participaram dos protestos.

Ainda pela manhã aconteceu o primeiro bloqueio total da via, só liberado algum tempo depois. Durante a tarde houve nova manifestação com bloqueio total da rodovia sendo necessário a intervenção com o uso progressivo da força face a intransigência dos organizadores do bloqueio.

No começo da noite teve início um novo bloqueio da pista, ocasião em que a PRF, o Exército, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e a Polícia Federal estavam na sede da PRF tratando da criação de um gabinete de crise. De lá mesmo saíram as equipes para a realização da desobstrução da via.

No local a PRF e o Exército foram recebidos com várias rajadas de fogos de artifício e com pedradas, sendo observado a necessidade de emprego do uso progressivo da força. Ao final, por volta das 21 horas a via foi liberada para a circulação de veículos.

Seis pessoas foram presas e conduzidas para a sede da Polícia Federal em São Luís.

Vídeos e áudios em redes sociais

Logo em seguida a desobstrução, circularam em aplicativos e redes sociais vários vídeos e áudios sobre a manifestação e a ação da polícia. Alguns falavam em excessos na ação policial, outros que o confronto teria resultado em dezenas de feridos, o que não passou de informação falsa, comumente chamada de fake news.

Em alguns áudios de populares é possível perceber claramente que a manifestação não conta com a simpatia dos próprios moradores de Bacabeira.

Tudo orquestrado

Pelos primeiros levantamentos, a polícia ficou sabendo que por trás do movimento teria a figura de uma pessoa envolvida na política municipal. O fato será apurado e, se confirmado, o mesmo poderá responder judicialmente pelas manifestações e suas consequências.

FONTE: PRF

Procon flaga venda ilegal de gás e gasolina adulterada no Piauí

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) está atento a qualidade da gasolina vendida nos postos de combustíveis e a possível prática de preços abusivos, durante a greve dos caminhoneiros. Na última sexta-feira (25), o órgão de defesa dos direitos do consumidor expediu uma recomendação para que os proprietários de postos de combustíveis de todo o Piauí não aumentem os preços, com o argumento de desabastecimento.

No mesmo dia, foram fiscalizados onze postos de combustível em Campo Maior, um em Cocal de Telha e dois postos em Capitão de Campos, onde foram verificados 98 bicos e 16 aferidores, totalizando 114 instrumentos.

Na cidade de Cocal de Telha, em uma residência, foram encontrados 27 botijões de gás-GLP, 17 deles cheios. Nessa mesma residência, foram apreendidos ainda três galões de gasolina de 30 litros e garrafas pets com o combustível. Após um teste do percentual de etanol no combustível apreendido, constatou-se que o percentual (do possível etanol) está acima dos padrões da ANP. Para denunciar qualquer irregularidade, ligue para o número (86) 3216-4550 ou por meio da Ouvidoria do MPPI no número 127.

FONTE: PORTAL R10

Em apoio a Greve dos Caminhoneiros, rede de combustíveis vende gasolina a R$ 2,99 no MA

Nesta segunda-feira (28), uma rede de combustível, no município de Caxias, no Maranhão anunciou que uma de suas unidades estava com a gasolina a R$ 2,99 o litro, em meio aos efeitos da crise de combustível no país o anuncio chamou atenção.

A rede em questão explicou que apoia o movimento paredista encabeçado pelos caminhoneiros e que a promoção relâmpago de hoje é realizada já há 5 anos e tem a ver com o chamado Dia da Liberdade de Impostos que este ano foi comemorado em todo o país na quinta-feira (24).

Fonte: Portal Meio Norte

Em Água Doce do Maranhão, oposição e situação não decidem reabertura do hospital

FONTE: BLOG DO DJAIR PRADO

“É muito difícil o deslocamento de quem precisa de um atendimento médico de urgência ou emergência em Água Doce, pois temos que nos deslocar até Paulino Neves, Tutóia, São Bernardo, Araioses e até pra fora do Estado no Piaui na Parnaíba do Mão Santa, isso é vergonhoso e esse políticos nada fazem só querem se aparecer diante da nossa dificuldade”, Relato de um aguadocense.

Os grupos de oposição e a própria atual gestão deveriam busca alternativas para a reabertura do hospital, ou seja, deveriam ir pelo caminho mais simples que seria através de emendas parlamentares, logo todos sabem que situação e oposição tem seus candidatos a deputado federal, deputado estadual, senador 1 e senador 2, onde em sua grande maioria serão candidatos que passarão pela cidade que já estão em mandato e poderiam muito bem direcionar recursos para o município!

É importante ressaltar que a grande maioria dos candidatos a deputado federal e senador que estão chegando em Água Doce tem um vinculo muito forte com o GOVERNO FEDERAL o que de certa forma facilitaria e muito conseguir uma senão mais de uma Emenda Parlamentar junto ao orçamento do Ministério da Saúde.

Quem tem um grande amor e carinho em contribuir com o município concerteza não mediria esforços para trazer bem-estar à comunidade.

Então situação e oposição deveriam ter a responsabilidade de garantir a reabertura do hospital SIM, mas unindo forças para conseguir os recursos necessários para isso e a própria população fiscalizar os recursos conseguidos para que sejam aplicados de forma correta!

Então aguadocenses não se iludam com tão pouco e muito menos com palavras de SIM DA CERTO ou de NÃO PODEMOS, mas cobrem da oposição e situação com a expressão VÃO À LUTA e tragam melhorias para nosso povo!