PI-112 estrada que liga Joaquim Pires à Luzilândia recebe operação Tapa-buracos

A PI-112, estrada que liga a cidade de Joaquim Pires até o município de Luzilândia no norte do estado do Piauí, trecho compreendido de 26 quilômetros, está recebendo uma operação tapa – buracos.

Na manhã desta quinta-feira 16/08, O Portal Rio Parnaíba esteve no local e acompanhou o andamento da obra. Funcionários da empreiteira PAC Construtora, empresa responsável por realizar os trabalhos, nos informaram que a obra de restauração da estrada segue em andamento de Joaquim Pires sentido Luzilândia, e que a empresa, já vem realizando a operação da PI- 211, que liga as cidade de Esperantina à Joaquim Pires, passando pelo povoado Lagoa Seca. Após a conclusão daquele trecho, foi iniciado o PI- 112.

A operação já se encontra nas proximidades do povoado 87 DNOCS. Vale ressaltar que, o trecho  da estrada que vinha causando prejuízos aos proprietários de veículos ao passar no local situado próximo ao  povoado 90 DNOCS também já foi concluído.

 

FONTE: PORTAL RIO PARNAÍBA

Bernardo do Mearim: Ponte de madeira cai e caminhão desaba no povoado Encantado

Uma ponte de madeira que fica localizada na estrada vicinal que liga a cidade de  Bernardo do Mearim ao povoado Encantado caiu na manhã desta quarta-feira 15 durante a passagem de um caminhão, como o caminhão era de madeira a ponte não aguentou o peso e acabou cedendo uma boa parte, o motorista não se feriu.
De acordo com informações o ocorrido aconteceu por volta das 10:30h da manhã, o caminhão carregado de madeira seguia no sentido do povoado Lucindo quando passava pela ponte que não resistiu ao peso e desabou. A ponte estar localizada em frente a casa do seu Dil próximo ao sítio da vereadora Adriana.
FONTE: Com informações do Robson Reile

*Sinte-PI divulga Nota sobre a decisão judicial e o recurso do governador*

*NOTA PÚBLICA*

Sobre a decisão judicial e o recurso do governo estadual
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Piauí (SINTE-PI) foi informado na manhã desta quarta-feira (15) que o governador Wellignton Dias recorreu do despacho da decisão Judicial do desembargador Dr. Joaquim Santana expedida dia 10/08/2018.
No Recurso apresentado o governo alega que o estado passa por dificuldades financeiras para cumprir a decisão judicial.
O Sinte-PI, como representante de mais de 40 mil trabalhadores em educação em todo o Estado, entende que esta justificativa não condiz com a verdade, uma vez que no decorrer de todo o processo, o governo do estado e seu secretariado foram contundentes ao (re)afirmar em todos os meios de comunicação que o impedimento no pagamento do reajuste da categoria estava na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e depois na Lei Eleitoral.
A assessoria econômica do Sinte-PI apresentou na manhã desta quarta-feira (15) um relatório com as receitas destinadas à educação básica. O Fundeb de 2018, por exemplo, teve um incremento de 16,47% em relação ao recurso do ano de passado. O Fundo de Participação do Estado e ICMS (referentes ao 3º bimestre/2018) aumentaram 8,46% e 11,35%, respectivamente.
Se o incremento no recurso de valorização da educação básica (Fundeb) foi de 16,47% e o reajuste é de 6,81% para professores e 3,15% para funcionários, não entendemos como essa conta não fecha.
Reafirmamos aos trabalhadores da rede estadual de educação que a GREVE CONTINUA, conforme decisão judicial do desembargador Joaquim Santana em 10/08/2018. O Tribunal determinou que a greve só encerrará quando o governo cumprir com o pagamento dos servidores, obedecendo as diferenças retroativas a maio, junho e julho.
Continuaremos firmes, pois acreditamos que nossa luta sempre foi por melhorias nas condições de trabalho e valorização profissional. Nós, trabalhadores em educação, mais que qualquer gestor público, queremos e lutamos por uma educação pública de qualidade e socialmente referenciada.
A luta continua!
O Sinte somos nós, nossa força, nossa voz!

Teresina (PI), 15 de agosto de 2018.

Diretoria Estadual Sinte-PI

Ponte desaba em Gênova, na Itália, e deixa ao menos 11 mortos

De acordo com as primeiras informações da Defesa Civil local, um colapso estrutural provocou o desabamento da ponte.

Uma grande porção da ponte Morandi, que passa pela rodovia A10, em Gênova, na Itália, desabou nesta terça-feira, 14. De acordo com o jornal italiano La Repubblica, há pelo menos 11 mortos e vários feridos. Autoridades italianas falam em “tragédia”, temem que dezenas de pessoas estejam entre os escombros, mas ainda não há um número oficial de vítimas.

De acordo com as primeiras informações da Defesa Civil local, um colapso estrutural provocou o desabamento da ponte. Choveu muito na manhã desta terça-feira em Gênova e havia pontos de alagamento no momento do incidente.

O chefe do serviço de ambulâncias de Gênova afirmou que há “dezenas de mortos”, segundo a agência italiana de notícias Adnkronos. Um socorrista afirmou à agência Reuters que até o momento foram localizadas duas pessoas feridas, “mas imagina-se que infelizmente há uma grande quantidade de mortos”.

De acordo com a emissora Sky Italia, uma testemunha disse ter visto “oito ou nove veículos na ponte” no momento em que ela desabou e qualificou o incidente como uma “cena apocalíptica”.

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, foi informado do acidente e acompanha o caso com seu gabinete.

O vice-premiê e ministro do Interior, Matteo Salvini, disse que 200 bombeiros tentam resgatar as vítimas do desabamento. “Estamos acompanhando minuto a minuto a situação do desabamento da ponte em Gênova. Agradeço desde já aos 200 bombeiros – e todos os outros heróis – que estão trabalhando para salvar vidas”, escreveu Salvini e sua conta no Twitter.

“Estou seguindo com a máxima apreensão o que aconteceu em Gênova, e parece ser uma tragédia. Estamos em contato com a empresa que administra a autoestrada”, disse o ministro dos Transportes da Itália, Danilo Toninelli.

Histórico

O viaduto Polcevera, também chamado de Ponte Morandi, atravessa Polcevera, em Gênova, e passa pelos bairros de Sampierdarena e Cornigliano, que ficam próximos ao aeroporto local. É considerada uma das principais vias de acesso pela capital da Ligúria.

Projetado pelo engenheiro Riccardo Morandi, o viaduto foi construído entre 1963 e 1967 e chegou a ser batizado e “Ponte do Brooklyn” pelas semelhanças com o famoso local em Nova York. O viaduto mede 1.182 metros. (ANSA)

FONTE:

Pintor que caiu do teto de igreja em Araioses-MA continua no Dirceu aguardando cirurgia

Na última quinta-feira (09/08), o Panorama noticiou que, segundo uma nota divulgada pelo Pe. Oleriano, o pintor Assis Fonseca, que caiu enquanto trabalhava no teto da Igreja de São Raimundo Nonato teria apenas deslocado os ombros e estava esperando alta do Hospital Dirceu Arcoberde, em Parnaíba-PI. Entretanto, a família do paciente entrou em contato conosco para atualizar essas informações.

Segundo a esposa de Assis, Brunna Lemos, além do deslocamento dos ombros, o rapaz também fraturou o braço e quebrou o osso do cotovelo. Ela diz que seu esposo está aguardando, no corredor do hospital, por uma cirurgia e que o estado de saúde dele é bem mais grave do que foi divulgado: além do dano psicológico, Assis não consegue movimentar os braços e precisa da ajuda de sua família até para os movimentos mais básicos. Ainda segundo Brunna, os próprios médicos disseram que Assis “jamais será como antes” e “não terá mais a mesma resistência”.

Leia, abaixo, a mensagem que recebemos de Brunna:

“Ele deslocou os ombros fraturou um braço e quebrou o osso do cotovelo, e esta aguardando para fazer uma cirurgia no braço e no cotovelo. Ele está sem conseguir movimentar os dois braços eu faço tudo pra ele desde a alimentação até a higiene dele, estamos no corredor do Dirceu em uma fila de espera aguardando uma cirurgia. Até o presente momento, nenhum médico veio dar mais detalhes do caso dele. Ele deslocou sim os dois ombros, porém não foi só isso! Alem disso tem todo um dano psicológico, ele esta muito preocupado com o futuro pois o medico disse que ele jamais será como antes; não terá mais a mesma resistência que tinha nos braços.” – Brunna Lemos, esposa de Assis.

Panorama tentou entrar em contato com a Assessoria de Imprensa do HEDA, mas as nossas ligações não foram atendidas.

fonte: Por Jonatan Aguiar/Panorama

Facebook exigirá autorização especial para páginas de grande audiência

SÃO PAULO – O Facebook anunciou um novo sistema de autorização para os responsáveis por páginas de grandes audiências. A novidade faz parte de medidas adotadas pela plataforma nos últimos meses com o intuito de dar resposta às críticas pela difusão de desinformação e multiplicação de discurso de ódio no interior da rede.

Para seguir publicando, os responsáveis pelas páginas terão de fazer um tipo de acesso mais seguro denominado “autenticação de dois fatores”. Além disso, a pessoa deverá confirmar o local de residência dela.

Informações

Outra medida anunciada foi a inclusão de mais dados sobre as páginas na seção “Informações e Anúncios”. O Facebook já havia anunciado que disponibilizaria registros sobre as páginas para que os usuários pudessem conhecê-la, como a data de criação. Em comunicado, a empresa informou que vai identificar também se uma página foi mesclada com outra.

Também será incluída uma seção denominada “Pessoas que gerenciam esta página”. Nela, diz a nota da companhia, será informado o país dos responsáveis. O mecanismo é uma resposta às acusações que o Facebook teria permitido a atuação de pessoas e organizações russas no debate das eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2016.

A preocupação com a possível influência decorrente dessa atuação motivou a abertura de uma investigação no Congresso americano no ano passado. Também foi alvo de questionamentos durante o depoimento que o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, deu ao parlamento do país em maio deste ano.

fonte: AGÊNCIA BRASIL