Radialista morre após ser brutalmente agredido durante assalto em Valença do Piauí

Neste sábado (01/09), um radialistaidentificado como Adão Sá, morreuapós ser brutalmente agredido ao ter sua motocicleta roubada em sua residência no bairro Campestre, na cidade de Valença do Piauí.

Adão foi encontrado ferido pelos familiares, ainda chegou a ser socorrido e encaminhado para o hospital regional Adão Sá, sendo em seguida transferido para Teresina, mas veio a óbito no meio do caminho.

De acordo com a polícia, não foi detectado nenhum indício de arrombamento na casa da vítima, o que leva a crer que o agressor seria do seu convívio. A motocicleta de Adão foi levada.

Adão Sá já trabalhou em algumas emissoras de rádio em Valença e Lagoa do Sitio, onde também já foi candidato a vereador.

A polícia de Valença já sabe o nome e o passado criminoso de um dos suspeitos de ter matado o radialista Adão Sá em sua residência. De acordo com informações, ele tem 37 anos e mora na cidade de Pimenteiras.

Ele tem um mandado em aberto na Justiça de São Paulo por tráfico de drogas. A expectativa de populares é que a polícia dê uma resposta rápida para o crime que comoveu a região. As Polícias Civil e a Forca Tática estão em diligências.

Fonte: Com informações do Portal V1



Deixe uma resposta