MDB do Piauí faz contraproposta para ter Marcelo Castro como candidato a vice

Durante reunião do MDB, realizada na manhã desta quarta-feira (18), os deputados decidiram fazer uma contraproposta ao governador Wellington Dias. Eles querem que o deputado federal, Marcelo Castro, seja candidato a vice-governador. O MDB também dicidiu que o filho de Themistocles Filho, Marco Aurélio será candidato a deputado federal.

O presidente regional do MDB, Marcelo Castro, afirmou que o partido decidiu marcar nova reunião para decidir se aceita a proposta do governador Wellington Dias (PT), de ser pré-candidato ao Senado e participar do chapão. Marcelo Castro declarou que se sente muito honrado em ser candidato ao Senado e com o chapão, a base aliada vai eleger mais 2 deputados.

Marcelo Castro afirmou que o MDB fez uma contraproposta que será levada ao governador. Segundo o deputado, Wellington Dias disse que o MDB ficaria na chapa majoritária e cumpriu com sua palavra. “Não acredito que o MDB rompa com Wellington Dias”, declarou.

Contou que os deputados do MDB estavam no restaurante de João Madison e conversaram com Luciano Nunes, Wilson Martins, mas foi uma coincidência. Disse que a chapa anunciada pelo governador é Wellington Dias para governador, Regina Sousa vice-governadora, Ciro Nogueira na reeleição de senador, e ele também para candidato ao Senado. Disse que é um boa ideia ter Severo Eulálio como candidato a deputado federal.

Durante a reunião, Themístocles Filho demonstrou sua revolta por não ter sido escolhido como pré-candidato a vice-governador e disse que não votaria mais em ninguém, nem mesmo em Marcelo Castro.

 (Crédito: Efrém Ribeiro)
(Crédito: Efrém Ribeiro)

O deputado estadual Mauro Tapety disse que na reunião ficou decidido que o partido vai levar uma contra proposta para Wellington Dias. Nela, Marcelo Castro é vice. Foi discutido também, o rompimento com Wellington Dias, e que para o MDB o chapão é sem condições.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, afirmou que o MDB se reunirá novamente amanhã para decidir que posição tomará em relação à proposta de Wellington Dias e vai estar com mais calma e com a cabeça mais descansada para tomar uma posição.

 (Crédito: Reprodução)

FONTE: MN



Deixe uma resposta