Com a vitória sobre o Brasil (RS), a Bolívia Querida deixou a zona de rebaixamento da Série B

PELOTAS – O jejum de quatro jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro Série B foi encerrado em grande estilo pelo Sampaio Corrêa na noite de sábado (19): mesmo atuando na fria Pelotas, diante do Brasil, a Bolívia Querida controlou a pressão dos donos da casa, foi preciso nas jogadas ofensivas e venceu por 2 a 1, em pleno Estádio Bento Freitas. Com a primeira vitória fora de casa na Segundona, o Sampaio deixou a zona de rebaixamento e subiu para a 13ª colocação.

Em entrevista ao canal Premiere, o volante Diego Silva elogiou o trabalho do técnico Roberto Fonseca, que estava em seu segundo jogo no comando do Sampaio Corrêa, e destacou o empenho dos atletas da Bolívia Querida em busca do resultado fora de casa.

“Mesmo com pouco tempo de trabalho, conseguimos assimilar o que foi pedido pelo Roberto (Fonseca, treinador), viemos aqui e conquistamos três pontos importantíssima. A gente sabia que seria difícil jogar aqui, mas a obediência tática e a união do grupo foram fundamentais em busca do resultado positivo”, afirmou Diego.

Depois de derrotar o Brasil de Pelotas, o Sampaio Corrêa volta as suas atenções para o segundo jogo das quartas de final da Copa do Nordeste, diante do Vitória. O duelo entre o Rubro-Negro e o Tubarão será disputado nesta quinta-feira (24), às 19h, no Estádio Barradão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Como venceu a primeira partida por 3 a 0, o Sampaio fica com a vaga se for derrotado por até dois gols de diferença.

GLOBO ESPORTE



Deixe uma resposta